domingo, 16 de agosto de 2009

Os segredos de uma conversa provocante

Você já participou ou presenciou uma conversa, entre um homem e uma mulher, que, de tão provocativa e inteligente, parecia que os interlocutores estavam fazendo sexo através das palavras? Eu me lembro de ter presenciado uma destas. Foi fascinante, mas me senti como entre dois espadachins do filme "O Tigre e o Dragão", e eu segurando uma espada de madeira, com chapéu de jornal na cabeça. Eu acho que sim, é possível fazer sexo através das palavras, assim como é possível através da música. Veja o exemplo do Milton e da Rita Lee, no clipe "Mania de Você". Será telepatia, como diz a letra? :)

Em geral o sexo não é assunto da conversa. Provavelmente esteja na cabeça do homem, talvez até na da mulher, mas não na conversa aberta. Não, esta é uma conversa para sutilezas. Não é o sexo, ou a possibilidade de que mais excita, apesar de estar presente. O que excita acima de tudo é a inteligência da conversa. Este sim é o elemento central. A inteligência pode ser extremamente excitante, especialmente se somada ao humor. O humor inteligente, que sabe provocar, e dizer o que não deveria ser dito, dizendo quase nada. Não sei se existe telepatia, mas nessas conversas há sem dúvida algo de especial. Uma conexão, identificação e interesse recíprocos. A inteligência, demonstrada através do humor, provoca admiração e desperta o interesse mútuo. Se acrescentarmos ainda a beleza do corpo e da alma, então a mistura é explosiva. A beleza do corpo talvez não seja tão fundamental e os detalhes da alma não são desvendados assim tão facilmente. Mas existe um aspecto interior que é fundamental neste tipo de conversa, a auto-estima. Esta, quando elevada, se reflete no diálogo, na capacidade de rir de si mesmo, das provocações que cutucam os defeitos e de contra atacar, com leveza, elegância e, mais uma vez, humor.

O desafio está lançado. Empunhemos no alto nossas espadas e que o duelo começe.

Schliptz, 2009.

2 comentários:

  1. Adorei. Não poderia concordar mais.

    Beatriz

    ResponderExcluir
  2. http://xicosa.blogfolha.uol.com.br/2013/02/20/a-arte-de-ganhar-o-homem-pelo-ouvido/

    ResponderExcluir